Contratação assertiva: o que é e como realizar

Contratação assertiva: o que é e como realizar

Contratar o candidato certo para sua empresa pode trazer inúmeros benefícios, assim como realizar uma contratação que não correspondeu às expectativas pode trazer vários prejuízos indesejáveis.

 

Uma pesquisa realizada pela Robert Half, apontou que até 10% da rotatividade de colaboradores está ligado a contratações erradas e que 17% dos gestores brasileiros acreditam que isso traz prejuízo financeiro para a empresa.

 

Por isso, uma contratação assertiva faz toda a diferença no desempenho das organizações. E é exatamente sobre isso que vamos falar aqui. Continue a leitura e descubra o que de fato é uma contratação assertiva e como realizá-la!

Contratação Assertiva: o que é

Uma contratação assertiva é um processo estratégico de atrair, selecionar e integrar o candidato com as competências comportamentais e habilidades técnicas ideais para as características da vaga e momento vivido pela empresa, bem como aquele candidato alinhado aos valores e cultura organizacionais.

 

Para que você entenda melhor ainda e possa aplicar uma contratação assertiva, separamos aqui 4 etapas a serem seguidas para uma boa seleção:

Vamos lá!

Entendendo a vaga

“Se você não sabe o que quer, qualquer coisa serve”. Essa frase funciona para muitos aspectos da nossa vida, pessoal e profissional. E não é diferente quando se trata de contratar assertivamente.

 

Então, antes de abrir um processo seletivo, é necessário entender as necessidades da empresa e os resultados esperados através das novas contratações.

 

Algumas perguntas podem te ajudar a entender melhor a abertura desse processo seletivo e a traçar uma estratégia de sucesso:

 

  • Por que precisamos abrir esse processo seletivo?
  • Quais as competências necessárias para o cargo e os objetivos esperados?
  • O que se espera com essa contratação?

 

É importante entender sobre a realidade que será vivida por esse colaborador, sua rotina de trabalho, a cultura da equipe em que ele será inserido, o mercado do qual a empresa faz parte e o que habilidade técnica é imprescindível que o candidato apresente.

 

É sempre bom lembrar: não espere por super-heróis! Contratação assertiva não significa encontrar pessoas sem pontos de desenvolvimento. Encontre a pessoa mais alinhada e insira ela em um programa de Treinamento e Desenvolvimento.

 

As respostas para essas perguntas servirão de guia para todas as outras etapas do processo seletivo, que começa pela atração do perfil ideal, agora que você já o conhece.

Atraindo o perfil ideal

Vamos começar pelo começo: anunciar essa vaga!

 

Para isso, é necessário definir os canais e estratégias de comunicação direcionados para o público que pretende atrair. Pense com a cabeça do candidato, na linguagem que ele está acostumado, quais canais o maior número deles está e, agora, o pulo do gato: faça uma descrição de cargo completa, que não deixe dúvidas sobre a posição. Afinal de contas, a vaga precisa ser também atrativa para o candidato.

 

Lembre-se: a intenção é atrair o perfil ideal de candidato, então não se preocupe com volume. De nada adianta uma enorme quantidade de candidaturas não aderentes à vaga, isso só vai tornar o processo mais longo, mais cansativo e menos eficaz. Qualidade é melhor que quantidade!

 

Uma vez que o candidato encontrou a vaga e demonstrou interesse, ele precisa se cadastrar. Opte por meios claros e objetivos de candidatura, que não exija etapas muito extensas nem cobre informações desnecessárias.

 

Tenha em mente, também, que uma boa marca empregadora facilita bastante esse processo, viu!? Você pode aprender tudo sobre como potencializar a sua com o conteúdo gratuito do nosso e-book Marca Empregadora.

Selecionando o melhor candidato

Agora que temos candidatos inscritos à vaga, é preciso selecionar entre eles o ideal para a posição. Aqueles que cumprem os requisitos definidos no entendimento da vaga.

 

As etapas de um processo de seleção, em geral, apresentam as seguintes etapas:

 

  • Triagem de currículos: entender, diante daqueles candidatos cadastrados na vaga, quais apresentam aderência curricular à vaga.
  • Rodada de entrevista inicial: conhecer e identificar aspectos comportamentais desses candidatos aderentes. Essa etapa serve também para realizar a checagem das informações presentes no currículo
  • Aplicação de testes: sejam eles para validação técnica ou comportamental, essa etapa, que também pode contar com avaliações psicológicas, tem por objetivo auxiliar a tomada de decisão mais a partir de fatos e dados e menos a partir de feeling.
  • Dinâmicas: através da dinâmica é possível identificar e comprovar, sob uma outra ótica, aspectos comportamentais do candidato.
  • Entrevista final: essa etapa é geralmente realizada com o gestor da vaga, na qual há uma validação, muitas vezes, mais técnica e sob a ótica das rotinas da equipe em que o candidato vai integrar.

 

É claro que esta é apenas uma visão generalista do funcionamento desta etapa. É necessário um entendimento e personalização das atividades de acordo com as características específicas de cada posição que está sendo trabalhada.

Hora de integrar

Boas notícias: você foi aprovado!

 

Uma vez selecionado, a boa notícia dada e os trâmites de admissão realizados, esse candidato, que agora é um colaborador da sua empresa, deve ser integrado à equipe e rotinas de trabalho.

 

Isso é o comumente chamado onboarding. Essa parte é essencial para o encantamento e garantia de um bom começo ao novo colaborador. Quanto mais e mais rápido ele entender sobre as dinâmicas de trabalho, mais confiante ele iniciará sua jornada na empresa!

 

Quer contratar assertivamente para sua empresa? Entre em contato com a gente!

Sumário

Solução completa para a Gestão de Pessoas da sua empresa
Outros conteúdos que você pode gostar
Psicologia Organizacional o que é e suas responsabilidades nas empresas
Psicologia Organizacional

A psicologia organizacional é um ramo da psicologia que aplica teorias e princípios psicológicos ao ambiente corporativo, focando na compreensão de fatores que influenciam a produtividade no trabalho e no bem-estar físico e mental dos colaboradores.

Continuar lendo »
Capa Post Blog_Termos e siglas do RH o que você precisa saber para ficar por dentro
Termos e siglas do RH

O setor de RH tem um monte de termos e siglas muito utilizados pelos profissionais na rotina, mas que talvez nem todo mundo conheça.Por isso, separamos aqui alguns dos termos mais famosos do mundo do RH para te ajudar a ficar por dentro dele.

Continuar lendo »

É muito bom ter você por aqui. 

Preencha o formulário  e nosso time vai entrar em contato com você

Rhê Rocatto

@rheservaconsultoria

Olá, é muito bom ter você por aqui. Para continuarmos me informe seu interesse

Caroline Araújo

@rheservaconsultoria

Olá, prazer eu sou a Caroline! É muito bom ter você por aqui. Para continuarmos me informe:

Ao me enviar essas informações você será direcionado
imediatamente para o meu whatsapp ;)