Nos últimos dias, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou o novo coronavírus como pandemia, ou seja, uma epidemia que se espalha rapidamente em escala mundial.

O vírus, causador da Covid-19, foi descoberto após diversos casos de pneumonia serem reportados na região de Wuhan na China. Em 31 de dezembro de 2019, o mundo recebeu o primeiro alerta sobre o novo coronavírus.

 

O QUE É CORONAVÍRUS?

Os coronavírus são uma grande família viral, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Em 80% dos casos, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum.

Os sintomas da doença são a febre alta, tosse, dificuldade para respirar e falta de ar. O óbito pode ocorrer em virtude de complicações da infecção, como, por exemplo, insuficiências respiratórias. Dados mais recentes da Organização Mundial da Saúde indicam taxa de letalidade de 2 a 3% dos casos confirmados.

O contágio pode acontecer através de gotículas de saliva, espirro, tosse ou catarro de uma pessoa infectada. Também é possível ser contaminado por objetos e superfícies.

 

COMO SE PREVENIR?

A OMS recomenda como formas de prevenção:

  • Lavar as mãos com frequência com água e sabão por no mínimo 20 segundos; 
  • Fazer o uso de álcool em gel;
  • Ao tossir ou espirrar cobrir a boca com o antebraço e logo em seguida lavar as mãos;
  • Evitar levar as mãos aos olhos, boca e nariz com muita frequência;
  • Limpar e desinfetar com frequência os objetos que você e outras pessoas utilizam;
  • Evitar compartilhar copos, talheres, toalhas e qualquer outro objeto que tenha chance de contaminação.

 

A ATUAÇÃO DO RH

Neste cenário, é imprescindível que o RH apoie a gestão da empresa no planejamento de ações de prevenção e, caso a situação se agrave, em conjunto possam elaborar estratégias para continuar em funcionamento em meio à crise.

Por isso, separamos uma checklist com alguns procedimentos de prevenção para colocar em prática imediatamente no seu trabalho.

  • Manter os colaboradores informados com recomendações oficiais;
  • Orientar sobre higienização correta das mãos;
  • Disponibilizar álcool em gel nos ambientes;
  • Deixar os espaços de trabalho bem ventilados;
  • Evitar proximidade física entre os colaboradores;
  • Orientar sobre o uso imprescindível de máscaras a colaboradores que tenham contato próximo com pessoas doentes;
  • Redobrar cuidado com a limpeza, principalmente em pontos de contato;
  • Dar preferência para reuniões por chamadas de áudio e/ou vídeo;
  • Dar suporte a colaboradores que apresentem sintomas ou tenham voltado de viagens internacionais;
  • Instituir home office para colaboradores que tenham voltado do exterior recentemente;
  • No Recrutamento e Seleção, evitar processos coletivos e priorizar entrevistas por chamadas de áudio e vídeo;
  • Informar ao participante que não deve ir ao processo seletivo gripado e que isso não impedirá que ele concorra à vaga em momento posterior; 
  • Apoiar pessoas e realizar ações tranquilizadoras.
março 17, 2020

Muito bacana esta iniciativa, Rheserva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *