10 anos com muito orgulho!

10 anos com muito orgulho!

O mês de outubro é repleto de datas importantes: campanha de prevenção ao câncer de mama, dia de Nossa Senhora Aparecida, dia das crianças, dia do médico, do fisioterapeuta, do professor... Aniversário de 10 anos da RHeserva, melhor dizendo da abertura da empresa que começou com outro nome.

Embora o objetivo deste blog não seja contar minha história pessoal ou peripécias do meu trabalho, mas trocar conhecimento e compartilhar ideias; abro uma licença poética para escrever como o RH surgiu na minha vida.

Formada em Psicologia pela UFJF, a psicanálise foi meu objeto de estudo e alvo da minha primeira pós-graduação na UERJ; somente anos depois a convite de um conhecido iniciei um trabalho que seria despretensiosamente realizado para as comemorações de final de ano. Nesta empresa permaneci por 8 anos como consultora. Psicologia organizacional, gestão de pessoas, gestão de gente, RH ... Pouco importa, mas a partir deste momento meu caminho mudou de rumo. Outra pós-graduação, agora em Gestão de Pessoas na Fundação Dom Cabral foi necessária e, mais do que isso, um outro olhar passou a assumir lugar privilegiado em minha vida.

A RHeserva ganhou este nome, após o Espaço Gedeoli (uma aposta ousada) dar errado. A primeira empresa era um sonho grande, audacioso e lindo, mas hoje vejo que faltou maturidade para levá-lo adiante.  Um tropeço recheado de lições aprendidas.

De maneira simples, comedida e erguida sob fortes alicerces a RHeserva é uma empresa que está amadurecendo a cada nova conquista, a cada novo cliente, a cada novo parceiro de trabalho. Hoje posso dizer que estamos em nossa melhor forma, com as pessoas certas, compartilhando valores verdadeiros e felizes com o que fazemos.

Somos diferentes, eu sei. Gostamos de gente, de conversar, de trocar e aprender. Acreditamos que existe a pessoa certa para o lugar certo. Empregamos grande romantismo e amor à nossa competência. Queremos nos destacar por isso.

Estamos nos clientes que acreditamos, queremos alimentar ciclos virtuosos. Fazemos laços de amizade, construímos afeto e, com eles, nossa história que é motivo de grande orgulho pessoal. Estes 10 anos não foram fáceis, mas também não foram pesados, pois tenho a honra de trabalhar com o que gosto.

O resumo de tudo é que hoje quero pelo menos o dobro do tempo para poder aprender um pouco mais.